All Title Author
Keywords Abstract


Refletindo sobre Turismo de Base Comunitária em Unidades de Conserva o através de uma perspectiva amaz nica

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

As unidades de conserva o (UCs) têm sua origem também atrelada ao turismo, quando estes espa os come aram a ser pensados para o uso de moradores das cidades. No Brasil, a beleza cênica preservada nesses locais é responsável por atrair grande número de visitantes, em sua maioria, advindos de áreas urbanas. Muitas UCs possuem moradores em suas áreas ou nas proximidades e alguns destes vêm se organizando para trabalhar com o turismo de forma a garantir a tomada de decis o sobre os processos e otimizar os benefícios provenientes da atividade. Este trabalho visa refletir sobre algumas possibilidades para o turismo de base comunitária (TBC) desenvolvido em unidades de conserva o, através da vis o dos moradores locais, que formam esta base comunitária. Para isso, foram observadas algumas experiências de TBC na Amaz nia brasileira, umas já implementadas, outras ainda em processo de planejamento. Em especial s o discutidos aspectos observados em trabalhos nas Reservas de Desenvolvimento Sustentável Aman e Mamirauá, além de trabalhos e experiências pontuais na Reserva Extrativista do rio Unini, no Parque Nacional do Jaú, no rio Tapajós e na ilha de Marajó. Diversas quest es referentes aos próprios conceitos (e às práticas) de conserva o, sustentabilidade, economia ecológica, popula es tradicionais, turismo de base comunitária, entre outros, comp em esta reflex o sobre TBC na Amaz nia, trazendo perguntas que precisam de profunda discuss o entre os atores envolvidos para que se possa chegar a maiores defini es sobre o TBC em UCs na Amaz nia, levando em considera o a perspectiva local. Palavras-Chaves: TBC, Amaz nia, Aman , conserva o.

Full-Text

comments powered by Disqus