All Title Author
Keywords Abstract


Ensaios de atri o em pré-concentrado de zirc o: um processo semipiloto

Keywords: atri o , escrubagem , zirc o , tratamento mineral

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

A empresa Millennium Inorganic Chemicals do Brasil S/A produz concentrados de zirc o de qualidades variadas na mina Guaju, derivados de um pré-concentrado de zirc o (PCZ). Esse produto deriva da concentra o de ilmenita disseminada em dunas litoraneas na Paraíba. O PCZ tem alta concentra o de zirc o e reduzida massa de minerais contaminantes, que é removida por processos eletrostáticos e magnéticos. Porém parte dos contaminantes está envolvida por uma película argilo-ferruginosa que interfere na sua remo o durante os citados processos. O resultado é a forma o de um tipo de produto final de zirc o, considerado de baixa qualidade. O PCZ foi submetido a ensaios de atri o para a elimina o do problema da argila e tornar os processos elétricos e magnéticos mais eficazes na remo o dos contaminantes. Foi escolhido um equipamento semipiloto para se verificar a viabilidade técnica do processo. Os parametros operacionais foram a percentagem de sólidos em polpa, a concentra o de NaOH em polpa e o tempo de agita o da polpa. As combina es de valores indicaram mais de uma alternativa viável para o processo. Escolheu-se o ensaio com 70% de sólidos em polpa, com 600 g NaOH/t polpa e com o tempo de 20 minutos de agita o. A empresa sugeriu a realiza o de um ensaio sem NaOH, por raz es de meio ambiente. Duas amostras foram atricionadas com os mesmos parametros de opera o, sendo uma sem o reagente químico. Tratadas posteriormente em separadores eletrostático e magnético, os resultados analíticos mostraram que o produto final (n o-magnético) da amostra atricionada com soda cáustica continha 50% menos de TiO2 em rela o à outra amostra. Portanto o processo de atri o mostrou-se mais eficaz com o uso da soda. O TiO2 é uma das substancias contaminantes do concentrado de zirc o.

Full-Text

comments powered by Disqus