All Title Author
Keywords Abstract


A filosofia de Albert Camus na gest o de pessoas: absurdo ou revolta na adapta o individual

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

Nesse artigo, sem inten o de esgotamento do tema, prop e-se à compreens o da adapta o individual (segundo conceito de C. Argyres) pela ótica da filosofia de Albert Camus, que esclarece a quest o da satisfa o/insatisfa o do funcionário em rela o à organiza o, ao explicar como surgem os sentimentos de apatia e rebeldia que, por sua vez, geram prejuízo. A teoria de Camus, ainda, explica como surge o sentimento de comprometimento, benéfico à organiza o e ao indivíduo, resultando em produ o e satisfa o, respectivamente. Conclui-se, à luz da complexidade, que a quest o da adapta o individual n o é simples, mas que a compreens o do absurdo e da revolta em Camus pode auxiliar a organiza o a tornar-se consciente da necessidade de adapta o de seus funcionários.

Full-Text

comments powered by Disqus