全部 标题 作者
关键词 摘要


Prevalência das desordens idiopáticas da fala e da linguagem em crian as de um a onze anos de idade

Keywords: Patologia da fala e da linguagem , Prevalência

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

OBJETIVO: Apresenta o do perfil epidemiológico das patologias fonoaudiológicas de fala e linguagem, de causa idiopática, especificamente relacionado à prevalência dessas desordens na popula o infantil de 1 a 11 anos de idade. MéTODO: As crian as foram avaliadas nos aspectos de fala, linguagem e sistema miofuncional oral. Estabelecido o diagnóstico fonoaudiológico, foram os mesmos classificados segundo a manifesta o predominante. Após agrupadas as categorias das desordens, foram diferenciadas as idades e aplicados os cálculos de prevalência. RESULTADOS: De um total de 2.980 crian as, 125 delas eram portadoras de desordens fonoaudiológicas (prevalência de 4,19). A prevalência geral mais elevada foi referente à faixa etária de 3 a 8 anos, sendo a fase crítica dos 4 aos 5 anos. As patologias de manifesta o primária mais prevalentes foram, em ordem de freqüência: distúrbios articulatórios, defasagens na aquisi o e desenvolvimento da linguagem oral e desordens miofuncionais orais e de fun es neuro vegetativas. CONCLUS O: As desordens fonoaudiológicas constituem importante segmento nos agravos à saúde infantil, sendo necessário que sejam urgentemente estruturados programas fonoaudiológicos preventivos e curativos. Em sua precariedade, o sistema de saúde brasileiro n o oferece uma rede de apoio para o atendimento aos portadores de patologias da comunica o, existindo apenas esfor os isolados em algumas unidades de saúde.

Full-Text

comments powered by Disqus