All Title Author
Keywords Abstract


Custo de capital próprio em mercados emergentes: uma abordagem empírica no Brasil com o downside risk

Keywords: Mercados emergentes , Retorno , Downside risk , CAPM , Custo de capital.

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

Este artigo visa testar empiricamente a proposta de Estrada (2000) para as empresas que compoem o Ibovespa, avaliando se para mercados emergentes existem outras medidas de risco sistematico diferentes do beta do capital asset pricing model (CAPM). Dessa forma, testou-se o downside risk que capta a parte negativa do retorno. Alem de dados em cross section, utilizaram-se dados em painel, como uma contribui o adicional ao trabalho de Estrada (2000). Os resultados encontrados n o confirmam que o downside risk seja uma medida apropriada ao mercado brasileiro. Outras medidas de risco apresentaram melhor correlacao com o retorno, permitindo o calculo do custo de capital com valor diferente daquele obtido pela aplicacao do beta. De acordo com Estrada (2000), os resultados sugerem que os mercados emergentes estao em posicao intermediaria entre os mercados integrados e segmentados, tal como confirmado para o mercado brasileiro.

Full-Text

comments powered by Disqus