All Title Author
Keywords Abstract

Revista CEFAC  2011 

Altera o de mobilidade de prega vocal unilateral: avalia o subjetiva e objetiva da voz nos momentos pré e pós-fonoterapia Unilateral vocal fold mobility alteration: objective and subjective evaluation of voice quality on prior and post speech therapy

Keywords: Voz , Distúrbios da Voz , Fonoterapia , Paralisia das Pregas Vocais , Acústica da Fala , Voice , Voice Disorders , Speech Therapy , Vocal Cord Paralysis , Speech Acoustics

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

OBJETIVO: avaliar de forma subjetiva e objetiva a voz de pacientes com paralisia unilateral de prega vocal nos momentos pré-tratamento e pós-tratamento. MéTODOS: trata-se de um estudo retrospectivo por meio de revis o de prontuário, que analisou as grava es de vozes de 12 indivíduos com diagnóstico otorrinolaringológico de paralisia unilateral de prega vocal. O material de voz colhido foi a emiss o sustentada da vogal /a/, seguida de fala encadeada. As vozes pré e pós-terapia foram analisadas por meio da escala GRBASI, análise espectrográfica e medida do tempo máximo de fona o (TMF). Os parametros para análise espectrográfica foram: forma do tra ado, grau de escurecimento dos harm nicos, continuidade do tra ado, presen a de ruídos, presen a de sub-harm nicos e harm nicos definidos. A medida do TMF da vogal /a/ representou a maior de três emiss es. Os dados obtidos foram submetidos a análise descritiva de tendência central e dispers o, e ao Teste Wilcoxon. RESULTADOS: na análise perceptivo-auditiva, o parametro que mais se modificou no momento pós- tratamento foi o de soprosidade (B) (p=0,003), seguido do grau da disfonia (G) (p=0,004) e astenia (A) (p=0,01), sendo que estes resultados foram estatisticamente significantes. Com rela o ao espectrograma, houve melhora do tra ado em 91% dos pacientes, e os parametros que mais se modificaram foram: aumento do número de harm nicos (32%) e diminui o do ruído (24%). A medida do TMF da vogal /a/ apresentou-se significantemente maior no momento pós-fonoterapia (p=0,003%). CONCLUS O: pacientes com paralisia de prega vocal que foram submetidos ao tratamento fonoaudiológico apresentaram melhora dos dados perceptivo-auditivos, espectrográfico e do TMF. PURPOSE: this study aims to analyze the objective and subjective evaluation of voice quality in a unilateral vocal fold mobility alteration on prior and post speech therapy. METHODS: this is a retrospective study through chart review, which analyzed the recorded voices of 12 individuals with otorhinolaringology diagnosis of unilateral vocal fold paralysis. The collected material was the sustained emission of the vowel /a/, and then connected speech. The voices before and after therapy were analyzed by using GRBASI scale. The parameters for spectrographic analysis were: shape of the spectrographic tracing, degree of browning of harmonics, stability of the tracing of harmonics, presence of noise, presence of harmonics, presence of sub-harmonics and harmonics definition. The measurement of the maximum phonation time for the vowel /a/ represented the highest value among

Full-Text

comments powered by Disqus