All Title Author
Keywords Abstract


Avalia o da fun o mitocondrial hepática em crian as portadoras de colestase neonatal

Keywords: colestase neonatal , fun o mitocondrial hepática

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

A dificuldade em se excluir o diagnóstico de atresia de vias biliares através de exames n o invasivos freqüentemente leva à realiza o de biópsia hepática, cirúrgica ou transparietal. Apesar de inúmeros estudos a respeito de muitos de seus aspectos, esta moléstia ainda é considerada idiopática. Com a finalidade de compreender melhor as altera es hepáticas decorrentes da atresia de vias biliares, estudamos a fun o mitocondrial dos hepatócitos em crian as portadoras de colestase neonatal. Foram estudadas dez crian as portadoras de colestase neonatal, das quais sete foram submetidas à laparotomia para realiza o de biópsia hepática, colangiografia intra-operatória e portoenterostomia. Os valores obtidos para o consumo de oxigênio no estado 3 de ativa o mitocondrial foram semelhantes aos de fígados normais, o que reflete uma boa capacidade de oxida o/fosforila o, transformando ADP em ATP. Estes resultados revelam uma capacidade compensatória mitocondrial para enfrentar a situa o adversa conseqüente à doen a hepática. Os valores para o estado 4 foram significativamente maiores que os de fígados normais, o que indica um aumento de permeabilidade de membrana mitocondrial. A diminui o do potencial de membrana, com les o do tipo desacoplamento oxida o/fosforila o também sugere deficiência na capacidade energética dos hepatócitos. A diminui o da raz o de controle respiratório foi outro achado significativo, que pode ser parte da altera o típica de colestase neonatal cr nica, com algum grau de cirrose biliar.

Full-Text

comments powered by Disqus